sábado, 25 de setembro de 2010

Manufactura de Cerveja Brahma - Villiger & Cia.


Cervejaria Brahma (de 1888 a 1894)



Em abril de 1888 o jornal “Auxiliador da Indústria Nacional” anuncia o surgimento de uma pequena fábrica de cerveja de alta fermentação, chamada Brahma, cujo proprietário era um imigrante nascido em 1856 na Suiça, o engenheiro Joseph Villiger, aqui chegado em 1879, que se estabeleceu na Rua do Visconde de Sapucahy (antiga Rua do Bom Jardim e atual Marquês de Sapucaí), 128, esquina da Travessa Dona Rosa, que acostumado ao sabor das cervejas européias e inconformado com a má qualidade das cervejas fabricadas no Brasil, resolveu abrir seu próprio negócio a "Manufactura de Cerveja Brahma - Villiger & Companhia", fundada por Villiger, o brasileiro Paul Fritz e Ludwig Mack, lançando comercialmente a Cerveja Brahma.

A manufactura foi inaugurada com uma produção diária de 12.000 litros de cerveja e 32 funcionários.

Em 3 de setembro de 1888 foi apresentado na Junta Commercial da Capital do Império, a 1 hora da tarde, o pedido de registro da marca Brahma e a imagem dos vários rótulos que serão utilizados nos barris dos diversos tipos de cerveja.




Neste pedido está escrito o seguinte texto:


“Villiger & Cia estabelecidos com Fábrica de Cerveja na rua do Visconde de Sapucahy nº 122 B, Rio de Janeiro, usam para distinguir a Cerveja de sua fabricação o rótulo a cima collocado. Lê-se neste rótulo as palavras "Manufactura de cerveja Brahma" "Villiger & Cia" " B 122 R. Visc. de Sapucahy 122 B" "Rio de Janeiro" a palavra Brahma está escripta com letras altas de typo grosso, no lado esquerdo vê-se um emblema representando uma senhora em cima de um barril, tendo na mão direita um copo com cerveja, e mostrando com a esquerda a palavra “Brahma” no fundo deste emblema observa-se lúpulo e cevada no barril acha-se pregado um lettreiro com a palavra “Branca ou Dupla”, para as differentes qualidades de cerveja muda-se esta palavra e cores dos rótulos do modo seguinte:

Para cerveja dupla branca - BRANCA - rótulo em 4 cores

Para cerveja simples branca - SIMPLES - rótulo em 1 cor encarnada

Para cerveja dupla preta - PRETA - rótulo em 1 cor preta

Para cerveja simples preta - SIMPLES - rótulo em 1 cor Preta

Para cerveja parda - PARDA - rótulo em 1 cor café


O rótulo está cercado com duas linhas em todos os quatro lados formando nos pontos de encontro ângulo recto, a cor d’estas linhas é correspondente ao de cada rótulo.

Rio de janeiro, 3 de Setbro 1888 - Villiger e Cia”



  

Em 6 de Setembro de 1888, em virtude de despacho da Junta Commercial, foi efetivado o registro sob o nº 1549.

Pagou no 1º exemplar: imposto de sello e 300 de taxa adicional de 5%.

Em 1890 a cervejaria entra em liquidação e passa a pertencer a Manoel Cardoso da Silva.


Em 1894 a Manufactura de Cerveja Brahma, é adquirida pelo cervejeiro alemão, de 28 anos, Georg Maschke, cujo intuito inicial foi o de produzir cerveja pelo mais novo e mais adiantado método já existente: o de baixa fermentação.

No dia 20 de outubro de 1903, com a idade de 47 anos, o fundador da Manufactura de Cerveja Brahma - Villiger & Cia., Joseph Villiger vem a falecer.









Um comentário:

André Antunes Ramos disse...

Parabéns pelo empenho em difundir seu conhecimento.